20/10/2017

Redação Games4U

The Talos Principle traz a filosofia grega para os games

Puzzle, PC, Outros 

É sempre interessante quando descobrirmos games que tentam trazer conceitos que vão além do simples ato de jogar, que se propõem a debater assuntos tão complexos, ou mesmo filosóficos, como a natureza humana. Em Talos Principle, encarnamos um ciborgue que acaba de acordar em meio a um belo jardim grego. Enquanto tenta descobrir onde está ou mesmo quem é, uma voz onipresente (que afirma ser Deus) surge com uma proposta: vença uma série de tarefas e você conquistará a vida eterna. Sim, eu sei que é uma história sem pé nem cabeça, mas seja sincero: você já curtiu histórias até mais malucas do que essa.

Embarcamos em uma viagem através de pequenos mundos repletos de puzzles que, ao serem solucionados, nos recompensam com uma pequena peça de quebra-cabeça, que servirá para destravarmos outras áreas e itens no game. Os desafios consistem geralmente em passarmos por uma série de portas “energéticas” utilizando determinados itens que temos à disposição e, embora o jogo pudesse variar um pouco neste conceito, ele se preocupa em nos apresentar novos itens aqui e ali, renovando suas mecânicas e deixando os enigmas mais variados. Alguns desses itens são particularmente interessantes e rendem desafios divertidos de serem superados, como o aparelho que grava nossos movimentos e cria réplicas de nossas ações anteriores.

Os puzzles colocam nosso raciocínio à prova, oferecendo um bom nível de desafio. Não tem como não sentir aquela satisfação ou soltar aquele grito de “Eureka!” preso na garganta quando superamos um enigma particularmente desafiador.

Enquanto exploramos este universo, também podemos conhecer um pouco mais sobre a história daquele mundo, mas particularmente não liguei muito para isso, pois a narrativa do game é passada de forma tão desinteressante que nunca tive o menor interesse de me aprofundar nela.

Para ser justo, o game conseguiu me surpreender em alguns momentos ao me propor algumas conversas filosóficas interessantes, como a origem da consciência ou a definição de humanidade - e mesmo que estes diálogos fossem extremamente direcionados, eles se mostraram interessantes de serem acompanhados.

The Talos Principle VR

Redação Games4U

The Talos Principle VR

Em geral, a narrativa do game é transmitida quase totalmente através de textos - e passar por estas centenas de linhas escritas se torna um problema quando o universo não é visualmente estimulante para deixar você curioso sobre o que ocorre nele. Os ambientes de Talos Principle são tão bonitos quanto estéreis e, embora você possa se surpreender com suas belezas e detalhes em um primeiro momento, não vai demorar para ver que não existe nada de particularmente interessante para ser visto.

Talos Principle é um jogo de puzzles que tenta trazer uma discussão interessante e filosófica, saindo-se particularmente bem com o primeiro objetivo, mas se perdendo no segundo.

(Rafael Barbosa)

compartilhe

Confira as notícias e vídeos do mundo dos games

Sega faz game de humor negro com pior hospital do mundo
Liga Overwatch começa 2018 com 10 milhões de espectadores
Mundial de Hearthstone começa com R$ 3 milhões em prêmios
18/01/2018

CBLoL 2018

18/01/2018

Two Point Hospital