GAMES 4U
 
10/05/2017

PES

PES 2017 mostra que a série enfim se encontrou

E-Sports, Esportes, Multiplayer, iOS, Xbox One, X360, PS4, PS3, PC, Android 

Enfim, a série Pro-Evolution Soccer chega ao seu 21º ano de vida consolidando a mudança radical de rumo iniciada em 2013, quando a Konami adotou o motor gráfico Fox Engine como “coluna vertebral” do jogo. O início foi complicado, PES 2014 deu alguns passos à frente e muitos outros pra trás, seu concorrente Fifa parecia disparar na liderança e o próprio futuro do PES parecia incerto, afinal, a Konami já planejava focar mais em jogos mobile, o que se tornou oficial em 2015.

Mas a tempestade passou, a coisa clareou, e o que vemos agora é um cenário distinto: PES se entendeu de vez com o Fox Engine, atendeu algumas reivindicações dos fãs e chegou na versão 2017 deixando o Fifa comendo poeira lá atrás. Com mudanças técnicas importantes e a inclusão dos clubes brasileiros, PES 2017 chegou falando grosso. E impressionou mesmo.

A primeira coisa que chama nossa atenção é o nível de detalhamento visual, com a adição de centenas novas animações. Reza a lenda que essa foi uma das razões que mais animaram o todo-poderoso Barcelona a assinar um contrato de exclusividade de três anos com a Konami, não só para o clube, mas também para seu estádio, o lendário Camp Nou. A Konami terá também a partir de agora amplo acesso às estrelas do clube e presença de destaque na experiência que envolve o dia da partida.

Algumas mudanças são apenas aperfeiçoamentos do que já tínhamos na versão 2016, mas outras são novidades mesmo. Então, vamos ver algumas coisas que brilham no PES 2017:

REAL TOUCH O movimento de uma bola na vida real tem uma quantidade infinita de variáveis que podem alterar sua trajetória. A ideia aqui é usar o Fox Engine para estabelecer algumas dessas variáveis através do modo como você controla a bola. Desse modo, a bola imita a não-linearidade dessa trajetória para tornar seu controle muito mais realista.

PRECISE PASS Até cinco anos atrás, fazer um passe se limitava a clicar no botão, pois o sistema “achava” seu companheiro de time e a bola ia automaticamente na direção certa. Com o Fox Engine, essa ação ganhou realismo porque você precisa apontar para quem vai passar e, logo em seguida, fazer a pressão correta de botão para que a bola não vá rápido demais. No PES 2017, a combinação de física real da bola com a funcionalidade Real Touch determinam a velocidade e a precisão da bola com extremo realismo. Nesse novo contexto, ter o timing perfeito e fazer a pressão adequada no botão podem fazer a diferença entre um passe perfeito ou uma jogada digna de um cabeça-de-bagre. Quem joga há muitos anos o PES sabe como isso faz toda diferença!

AUTHENTIC VISUALS A ampliação do uso e das funcionalidades do Fox Engine permitiram um banho de tecnologia na iluminação, na torcida da arquibancada e nos próprios estádios em si, que foram totalmente repaginados. Essa mudança radical no detalhamento gráfico é o que a Konami chama de Authentic Visual e agora é possível ver até a respiração quente que sai dos atletas quando está muito frio, por exemplo. As sombras dos refletores em dias de jogo continuam reais, mas a Konami deu uma aliviada nos contornos, que atrapalhavam um pouco as jogadas laterais no PES 2016.

NPM O Natural Player Movement (“movimento natural do jogador”) é uma verdadeira “nova vida” tanto para os jogadores de linha quanto para os goleiros. Dribles e passes ganharam uma movimentação mais natural e se integram ao Real Touch e ao Precise Pass para elevar o nível de interação e imersão do game.

GOLEIROS Esta é a edição do PES que mais mexeu nos goleiros. As animações e os movimentos ganharam variedade e riqueza de detalhes que prometem tornar os lances dentro da grande área ainda mais dramáticos, inclusive com reações mais rápidas após o chute de um adversário rumo ao gol. Os goleiros também terão novidades em três funcionalidades: Deflection (quando o chute é dado perto de seus pés), Instant Reaction (quando o chute sai para um lado que o goleiro não estava esperando) e Fingertips (a famosa defesa com a ponta dos dedos).

TTC O Total Team Control (“controle total do time”) permite que você mude o esquema de ataque e de defesa instantaneamente durante uma partida. Isso é muito útil para quando a gente percebe que o esquema tático não está funcionando: a mudança é imediata.

ADVANCED INSTRUCTIONS A marcação cerrada e o famoso “Tiki-Taka” podem ser detalhados com uma maior variedade de instruções que você pode definir para seu time.

CKC Os escanteios ganham outra dimensão com o Corner Control Kick (“controle da cobrança de escanteio”), pois não se limitam a delimitar a trajetória da bola: você pode definir marcação individual, marcação por zona e até os tipos específicos de movimentação de seus atletas na hora do escanteio.

AAI A Inteligência Artificial Ajustável monitora o modo como você joga, como cria estratégias, como é seu esquema tático. Não adianta mais usar o mesmo esquema e a mesma estratégia em todos os jogos de um torneio: A IA vai se ajustar para se defender de sua estratégia, por isso, é preciso variar sempre, ser criativo, estudar o adversário.

EDIÇÃO No PES 2016, eu particularmente fiz a customização de dezenas de times e jogadores, mas tudo sumiu quando o jogo recebeu uma atualização online. Agora você pode criar seu time, salvá-lo em algum dispositivo via USB (pen-drive, HD externo) e compartilhá-los com gamers da Europa, Estados Unidos ou Ásia, o que antes não era possível por causa da diferença de sistema das regiões.

MYCLUB Antes de contratar um atleta para se time, você estabelece que qualidades você precisa (mais chutador, mais veloz ou mais driblador, por exemplo) e o sistema vai achar o jogador ideal. Antes as opções eram mínimas, como escolher a posição e o nível de experiência do atleta, por exemplo. Você também pode escolher o tipo de empresário que vai buscar pelos reforços para seu time e ainda pode usar a feature Analysis para estudar o estilo de jogo de seu adversário nas partidas online.

ARBITRAGEM Ah, os juízes! Aqui não tem influência política para ajudar um ou outro clube, pois o sistema de avaliação de colisões está mais esperto para identificar o que é falta, o que é agressão e o que não é nada. Até a famosa “vantagem” foi aprimorada e o juiz deixa de marcar uma falta menor se isso for beneficiar o infrator. Mas, sim, após a jogada ser concluída, o faltoso vai tomar cartão amarelo, mesmo que a falta não tenha sido marcada para poder dar vantagem a quem a sofreu.

MASTER LEAGUE O PES 2017 tem no modo Master League sua grande estrela, pois aqui você controla tudo em seu time, desde a compra ou dispensa de jogadores até a promoção de atleta dos juniores e a mudança de esquema tático. O grande diferencial é o sistema de transferência de jogadores, que ficou muito mais realista e exige planejamento antes de contratar alguém. O Master League é viciante e confesso que já cheguei a jogar 40 temporadas seguidas mudando de equipes (quando você vai bem, recebe ofertas para dirigir outros times) e até sendo técnico de seleções de ponta.

(Fernando Souza Filho)

 

 

 

compartilhe

Zombie Chase

Baixar

Scooby Doo Salvando Salsicha

Baixar

Confira as notícias e vídeos do mundo dos games

Influenciadores digitais dublam Hearthstone: Cinzas de Terralém
The Elder Scrolls Online tem evento online com quest gratuita
Último beta de Shadow Arena começará em abril
Beta fechado de Valorant é anunciado para abril