GAMES 4U
 
03/02/2019

Redação Games4U

Virou dilema a criação de regras para o Smash Ultimate

E-Sports, Esportes, Multiplayer, Luta, Wii U, Outros, Nintendo Switch 

Já se passaram quase seis anos desde que a Nintendo tentou cancelar a transmissão de Super Smash Bros. Melee no Evolution Championship Series de 2013. Desde então, a atitude da empresa em relação ao cenário competitivo mudou consideravelmente. Smash Ultimate, com sua alternância dos níveis do palco da luta e sequências de mortes cinematográficas, foi projetado para atrair o público competitivo e, até agora, os esforços da Nintendo foram recompensados.

O lançamento de Ultimate alcançou uma impressionante audiência do Twitch, milhares de novos assinantes para os streamers do jogo e números recordes de inscrição para o primeiro supermajor de Ultimate, o Genesis 6.

Apesar do grande número de mudanças de jogabilidade no cenário competitivo, os jogadores de Smash não podem simplesmente sentar na frente de um Nintendo Switch e esperar jogar um torneio. A disputa requer um intermediário, um conjunto de parâmetros que garanta que os competidores tenham um cenário de jogo equilibrado e que o acaso não tenha impacto sobre o resultado.

Para ser viável como um e-sport, Smash Ultimate precisa de um conjunto de regras para sua versão competitiva. Criar regras balanceadas para um novo título é assustador, mas necessário para qualquer organizador de torneio. Então, armados com anos de know-how de títulos anteriores do Smash, os organizadores do torneio do primeiro major de Ultimate não tiveram escolha a não ser começar a elaborar essas regras.

Robin "Aveean" Radloff foi o organizador do primeiro torneio de Ultimate em grande escala, Don't Park On The Grass, em 2018. As inscrições para este evento foram fechadas apenas dois dias após o lançamento do jogo, dada a procura. Aveean, auxiliado por um comitê de grandes jogadores e organizadores de torneios de Washington, teve que criar um conjunto de regras para um jogo que ela nunca havia jogado.

"Houve um torneio na Espanha", que antecedeu o lançamento do Smash Ultimate, disse Aveean. "Ele nos deram muitas informações sobre estágios e prazos. Assistimos e analisamos as filmagens do evento.”

Usando o vídeo do Invitational Individual na convenção Saló del Manga, em Barcelona, no início de novembro de 2018, os organizadores do torneio de Washington calcularam o tempo médio de Smash Ultimate. Eles descobriram que o ritmo mais rápido do jogo permitiria que eles fizessem três partidas, um aumento em relação ao padrão de duas de Smash 4, sem ter que se preocupar com a tabela por muito tempo.

"As partidas realmente se sucederam muito rapidamente", disse Aveean, "e terminamos cada bloco do torneio antes do tempo estimado".

Construir um conjunto de regras de torneio para um título de Super Smash Bros. não é um trabalho fácil. Super Smash Bros. Brawl nunca teve um; no auge da vida útil competitiva do jogo, um comitê especial não conseguiu padronizar regras depois que a decisão de banir o personagem Meta Knight foi largamente desconsiderada pelos jogadores profissionais.

Smash 4, que havia definido diretrizes no final do seu ciclo de vida competitivo, teve seu quinhão de soluções para o competitivo da franquia. Por exemplo, os organizadores do torneio baniram e depois “desbaniram” Lylat Cruise em 2017 em meio a um debate sobre os méritos do estágio no torneio.

Até mesmo Melee tem visto a ascensão e queda de muitos conjuntos de regras ao longo dos anos como um esporte competitivo também. Essas listas diferem muito no tratamento de elementos controversos, como itens, estágios fora do padrão e os Ice Climbers. Assim como em outros jogos, o meta e outros elementos de Smash apresentam seus desafios.

"Os estágios foram uma provação", disse Aveean.

(Se o vídeo não  abrir, clique AQUI)

Começando com uma lista com Battlefield e Final Destination, o comitê do Don't Park gradualmente testou os estágios e considerou o feedback da comunidade até que eles tivessem uma lista de 10: cinco estágios neutros e cinco escolhas.

Depois que Aveean e seu grupo determinaram que os jogadores poderiam usar Mii Fighters - uma decisão clara - o comitê ficou com mais um item a ser resolvido: como tratar a alternância de riscos na tela de seleção de palco do Smash Ultimate.

"Parecia bastante óbvio que a Nintendo estava projetando os 'perigos' dos cenários para o modo competitivo", disse Aveean, "mas 'perigos ligados' são grandes influenciadores das batalhas, como por exemplo em Smashville."

Este campo de batalha, que tem sido popular desde os dias de Brawl por causa de seu desenho simples, é o estágio competitivo mais usado quando o assunto é a alternância de risco. Quando os perigos são desligados, a plataforma única de Smashville deixa de se mover, permanecendo bloqueada no centro do palco inspirado no game Animal Crossing.  Alguns membros do comitê propuseram um conjunto misto de regras que forçaria os jogadores a alternar entre os perigos ligados e desligados em alguns estágios.

"Pareceu muito confuso para mim", disse ela. "Eu telefonei para os organizadores e disse ‘ou perigos ligados ou perigos desligados". A partir daí a escolha foi fácil.

Os estágios também foram um ponto focal para Max "Max Ketchum" Krchmar, um dos organizadores do torneio Let's Make Moves. Para construir seu conjunto de regras, Max Ketchum se aproveitou de 15 anos de experiência no Smash competitivo.

"Eu sinto que há o tempo e o lugar certos para se experimentar conjuntos de regras mais liberais. Estou definitivamente descrente que sejamos muito ousados", disse Max Ketchum. "Para um major, especialmente um major inaugural... é sempre mais seguro ter menos fases do que fazer loucuras."

O resultado foi um empolgante sucesso. Let's Make Moves atraiu mais de 500 participantes e não houve uma única queixa sobre as regras. O conjunto de regras do Genesis 6 representou um ponto de partida dos conjuntos de regras usados no Don't Park On The Grass e Let's Make Moves. Sua lista de cenários permite que os jogadores escolham entre 11 opções, incluindo a controversa Yoshi's Story, que tem uma zona de explosão relativamente pequena e bordas inclinadas que podem dar uma vantagem a certos personagens.

Organizador do Genesis, Bassem "Bear" Dahdouh, acredita que esta lista maior é a melhor para o futuro a longo prazo de Smash Ultimate como um e-sport.

"Acreditamos que é importante ter cuidado ao remover etapas de um conjunto de regras competitivo", disse Bear. "Uma vez que algo é removido, raramente será recolocado no cenário competitivo."

Em ambos, Brawl e Smash 4, por exemplo, mudanças razoáveis propostas no meio do ciclo de vida competitivo dos títulos falharam porque os competidores já estavam acostumados com as diretrizes anteriores. Em Brawl, a proibição de Meta Knight foi contrariada por jogadores de nível mais alto, cuja subsistência dependia de sua habilidade com o personagem; no Smash 4, a legalização do Mii foi alvo dos debates iniciais sobre os movimentos personalizados, e no momento em que os Mii Fighters se tornaram uma questão independente, inserir três novos personagens no meta foi difícil.

(Se o vídeo não  abrir, clique AQUI)

Embora o conjunto de regras do Genesis seja diferente em sua lista de estágios, sua política a respeito do Mii o coloca no mesmo campo que Don't Park On The Grass and Let's Make Moves.

"Na verdade, eu jogo com Bowser e Mii Swordfighter, então era um grande defensor de todas as coisas que envolvam Miis, para garantir que poderíamos permitir o máximo de personalização, mas também eficiente", disse Bear. "Eu estava em uma discussão pesada no PGstats Discord com muitos organizadores regionais e analistas de dados, junto com alguns jogadores".

Se há uma coisa que os organizadores do torneio Smash aprenderam das iterações anteriores é que um bom conjunto de regras naturalmente toma forma ao longo do tempo. Algumas escolhas que podem não estar claras durante os primeiros dias do Smash Ultimate provavelmente se tornarão óbvias à medida que os jogadores obtiverem uma melhor compreensão do contexto.

Se um conjunto de regras não testado leva a resultados surpreendentes ou inesperados, tudo bem; tais resultados são parte da diversão do início do meta. À medida que os organizadores do Genesis experimentam um novo e relativamente flexível conjunto de regras, pode ser que tanto os espectadores quanto os jogadores simplesmente relaxem e aproveitem o desafio.

(Alexander Lee / ESPN Brasil)

compartilhe

Astronaut Walking Saga

Baixar

Happy Farmer

Baixar

Farm Rescue

Baixar

Jewel Bubbles 2

Baixar

Tuning Cars

Baixar

Pizza Ninja II

Baixar

Galaxy Shooter

Baixar

Roll That Ball 2

Baixar

Get 10 Men

Baixar

Roulette Vegas Casino

Baixar

Moto Drag Racing

Baixar

Football Cup 2018

Baixar

Confira as notícias e vídeos do mundo dos games

Game sem mortes e sem lutas é uma obra-prima: conheça Gris
Filme Liga da Justiça é a novidade em LEGO DC Super-Villains
Veja como se proteger do golpe do Apex Legends falso
Quem é melhor do que Pelé no FIFA e no PES? Descubra aqui!
Modo multiplayer inédito invade Dragon Quest Builders 2