GAMES 4U
 
18/08/2019

Fernando Souza Filho

Veja como será o Stadia, a plataforma de games do Google

E-Sports, Multiplayer, MMO, Hardware, Outros 

O Google não entra em nenhuma briga se não tiver armas poderosíssimas. Por isso, é com muito interesse e uma enorme expectativa que aguardamos a chegada do Google Stadia, que promete ser um divisor de água no universo dos videogames. 

Para você entender de forma bem simples, o Stadia é uma espécie de “Netflix dos Games”, como já foi rotulada. Você poderá jogar games sem console, sem mídia física e sem fazer download de nada: basta acessar e jogar. Meio Netflix mesmo...

Em princípio, trata-se de um serviço gratuito, mas sem acesso aos jogos full, mais ou menos como já acontece nos serviços da Sony e da Microsoft para PS4 e Xbox One, respectivamente. Porém, como toda funcionalidade “googleana”, ele terá uma versão Premium chamada Stadia Pro, que deve custar US$ 10 mensais e oferecer jogos em alta resolução, 4K e áudio 5.1 Sorround. Além disso, um controle especial chamado Google Stadia Base vai oferecer resolução de 1080p e rodar os games a 60 FPS (frames por segundo). O custo do controle estará em torno de US$ 70.

A ideia do novo serviço é renderizar tudo na nuvem, dos gráficos ao gameplay, passando pelos score boards, rankings e tudo que envolva um jogo. Para jogá-lo, em princípio você precisará usar o browser Chrome, é claro (é Google, né...). Por conta disso, para você jogá-lo em seu televisor 4K, por exemplo, você precisa conectar seu notebook via cabo HDMI na TV ou usar um serviço como Amazon Fire TV, Chromecast ou outro que venha com opção de navegar pela internet com o Chrome.

Ah, importante: os donos de iPhone ou de dispositivos como iOS estarão de fora do Google Stadia, mesmo que tenham o Chrome instalado. Mas isso pode mudar no futuro, afinal, quando se trata de Google, nunca se sabe. Já quem possui um Mac (desktop ou notebook) poderá rodar o Stadia, pois a versão do Chrome para ele é completa, igual à versão do Windows.

Os jogos terão preços variados, mas você pode comprar diretamente pela plataforma, assim como já faz via Steam, PSN, Origin, Live e tantos outros serviços atuais. O preço médio de cada jogo vai girar em torno de US$ 60 por lançamento, com as variações para títulos indies, promoções, combos e pacotes de expansão.

Assim como o Netflix, o Google Stadia exige uma conexão à internet com um mínimo de 10 Mbps para rodar com resolução de 720p. O ideal é começar com 20 Mbps para ter resolução 1080p, áudio 51. Surround e jogabilidade com 60 FPS. Para resolução 4K, o mínimo é de 35 Mbps. Considerando a instabilidade comum que temos no Brasil, pode apostar que menos de 50 Mbps pode comprometer seriamente a jogabilidade do Stadia.

Ainda existem muitas perguntas sem resposta sobre o Stadia, mas a maioria delas só saberemos em novembro quando ele for lançado oficialmente. E pode apostar que vamos destrinchar tudo para você aqui no nosso Games4U.

Vale lembrar que o Google Stadia também já confirmou títulos fortes para a sua estreia, como Assassin's Creed, Mortal Kombat 11, Destiny 2, Doom, Dragon Ball Xenoverse 2, Rage 2, The Elder Scrolls Online, Wolfenstein: Youngblood, Borderlands, Just Dance, The Division 2, Football Manager 2020, Tomb Raider, Final Fantasy e NBA, entre outros.

(Fernando Souza Filho)

compartilhe

Scooby Doo Salvando Salsicha

Baixar

Zombie Chase

Baixar

Confira as notícias e vídeos do mundo dos games

Hunt: Showdown mostra caçada humana em pântano do Século 19
PUBG Mobile oferece skins temáticas de Carnaval
Marvel's Avengers: edição especial tem estátua e book de arte
RPG brasileiro Ponami recebe continuação em março