GAMES 4U
 
10/07/2018

Redação Games4U

Fãs cobram resultado do Mundial, diz Revolta, da Vivo Keyd

E-Sports, Vivo Keyd, Tiro, Multiplayer, PC 

Aliviado. Assim está se sentindo o caçador da KaBuM, Filipe "Ranger" Brombilla, após o Brasil conquistar o título do Rift Rivals de League of Legends, no domingo (8). Isso porque, de acordo com o jogador, “ultimamente, nas redes sociais, eu tenho lido muita coisa negativa em relação ao País”.

“Trazer esse título, pra mim, tem mais peso no sentido de mostrar que a gente batalha bastante, batalha duro para superar essas expectativas. O sentimento é positivo de corresponder às expectativas positivas”, revelou Ranger em entrevista coletiva após o título.

Sempre quando o Brasil se depara contra as equipes dos dois servidores latinos em torneios internacionais, o País é apontado como o grande favorito e a torcida sempre espera vitórias fáceis dos times brasileiros sobre os do servidores latino sul (LAS) e latino norte (LAN).

“A imagem de que” o Brasil “é melhor que LAS e LAN” ficou evidente com conquista do título do Rift Rivals, de acordo com o caçador da Vivo Keyd, Gabriel “Revolta” Henud. Contudo, para o jogador, isso “é de longe o que os fãs pedem. Os fãs nunca pediram que a gente ganhasse do LAS e do LAN. Isso, na cabeça deles, é uma obrigação. O que eles cobram é resultado em Mundial, MSI”, apontou.

Os times brasileiros foram evoluindo dentro do Rift Rivals neste ano. O começo não foi o dos melhores, com KaBuM e Keyd perdendo os dois primeiros confrontos. Contudo, a dupla conseguiu se recuperar rápido do baque e se classificar diretamente para a Grande Final, da qual saiu vitoriosa sobre os representantes do servidor latino sul por 3 a 1.

O atirador da Vivo Keyd, Micael "micaO" Rodrigues, acredita que o Brasil não fechou a decisão com o placar perfeito, isto é, 3 a 0 na série melhor de cinco (md5) porque "basicamente a Keyd jogou com algo que não era tão confortável, a dupla na rota do meio". O jogador explica que o time "teve pouco treino com isso, mas como a gente ficou com medo deles fazerem, focamos muito nisso. Acabamos jogando de um jeito que eles conhecem mais, esse foi o principal erro contra a Kaos Latin Gamers (KLG)".

Revolta, da Vivo Keyd

BRASIL PERDERÁ HEGEMONIA COM UNIÃO LATINA?
A partir da próxima temporada as equipes que, atualmente, competem na Copa Latino-americana Sul (CLS) e na Liga Latino-americana Norte (LLN) disputarão uma única liga latina. Com o anúncio da novidade, muitos começaram a se questionar se a união das duas regiões fará com que o Brasil perca a hegemonia na América do Sul.

A nova liga latina, para micaO, vai ajudar "a região deles e a nossa também, de quebra". Segundo o atirador da Keyd, os latinos "têm dois padrões bem diferentes: LAN joga muito certinho, enquanto LAS joga muito explosivo. Então, se eles conseguirem pegar o melhor de cada lado e unir isso, podem ser uma região muito boa".

Já Revolta aponta uma desvantagem da união para os times do servidor norte: "acho que tem um elo muito fraco entre LAN e LAS porque LAN treina no servidor norte-americano e, se a nova liga acontecer realmente, eles vão perder isso. Não sei até que ponto isso é bom para as duas regiões. Eles vão perder o conhecimento que adquirem na América do Norte e isso fazer que, a longo prazo, seja pior".

Após a imprensa questionar se, com a liga unificada, o próximo Rift Rivals ficará mais difícil para o Brasil, o caçador da KaBuM afirma que "o conhecimento que LAN tem hoje não é o suficiente para passar o Brasil". O jogador acredita que o próximo torneio não será "muito mais difícil": "acho que o nível vai chegar um pouquinho mais perto, mas não a ponto de ser muito mais difícil".

Por conta dos resultados abaixo do esperado obtidos no início, os times brasileiros foram bastante criticados pela torcida nas redes sociais durante os dois primeiros de Rift Rivals. A relação foi melhorando a partir das boas apresentações e do título conquistado por KaBuM e Keyd.

MicaO acredita que ter vencido a competição no caso da própria equipe "é muito importante". "A gente não tem conquistado tantos títulos ultimamente. Então, cada título é muito importante pra gente. Para provar o apoio que eles nos dão. Os torcedores apoiam muito a gente e vale a pena", afirma o atirador.

(Gabriel Melo e Rodrigo Guerra/ESPN Brasil)

 

compartilhe

Pizza Ninja II

Baixar

Scooby Doo Salsicha e Fantasmas

Baixar

Scooby Doo Salvando Salsicha

Baixar

Happy Farmer

Baixar

Zombie Chase

Baixar

Tuning Cars

Baixar

Roll That Ball 2

Baixar

Galaxy Shooter

Baixar

Moto Drag Racing

Baixar

Roulette Vegas Casino

Baixar

Football Cup 2018

Baixar

Get 10 Men

Baixar

Confira as notícias e vídeos do mundo dos games

João Gordo e Supla sacudiram fãs de Warcraft na Av. Paulista
Astralis anula S1mple, bate Na'Vi e fatura bi do Major CS:GO
Seleção Brasileira "sumiu" no PES 2019 e no FIFA 19
Torneio de PUBG Mobile oferece US$ 600 mil em prêmios
Mundo Yu-Gi-Oh! 5D's chega ao Yu-Gi-Oh! Duel Links